Login

Contact us on +420 776 184 984 

Basket

 

Search

Praga & Artistas Famosos

Praga e Música

Praga tem uma tradiçao longa da música clássica no centro da Europa, e os Checos eram sempre uma das naçoes que estavam a influenciar a música clássica mundial. Hoje podem-se ouvir os concertos em todo o lado - nas igrejas, nos palácios, teatros e nas salas de concertos. Os compositores famosos Antonín Dvořák, Zdeněk Fibich e Bedřich Smetana viveram em Praga. Josef Mysliveček, "Il divino Boemo", nasceu na República Checa. Leoš Janáček e Bonumil Martinů comemoraram os seus maiores sucessos aqui.
 
Os compositores estrangeiros - como Antonio Vivaldi, Wolfgang Amadeus Mozart, Ludwig van Beethoven, Carl Maria von Weber, Nicolo Paganini, Franz Liszt ou Frédéric Chopin tocaram várias vezes em Praga, sabendo que nos seus concertos vao encontrar o público que aprecia e valor a música clássica.   
 
Muitos turistas vem para Praga visitar os locais ligados com W.A. Mozart. Em primeiro lugar a Villa Betramka em Smíchov, onde estao organizados os concertos durante o Verao.
 
Praga tem também muita oferta para os amantes de Jazz, como um cruzeiro de jazz no rio Vltava ou o Jazz Club Reduta, onde até o Bill Clinton uma vez pegou o saxofone.
 
Wolfgang Amadeus Mozart e Praga
 
Depois das cidades Salzburgo e Viena, Praga é a terceira cidade ligada com o nome W.A. Mozart. O compositor comemorou os seus maiores triunfos na capital da Boémia - Praga. W.A.Mozart visitou cinco vezes Praga e tres vezes eram as estadias mais longas: em janeiro e fevereiro de 1787 fez uma viagem a Praga para se apresentar a um público que tinha sido entusiasmado com a sua ópera "As Bodas de Fígaro". Novamente chegou em Outono 1787, quando participou na sua estréia da sua ópera Don Giovanni no Teatro dos Estates. Última vez retornou para Praga em 1791, quando foi contratado para compor uma ópera para a ocasiao da coroaçao do Leopoldo II como rei da Boémia. Mozart foi repetidamente convidado para a Villa Bertramka e criou algumas das suas mais belas peças de música neste ambiente rural idílico.
 
O seu comentário: "O meu povo em Praga é que me entende" tornou se famoso
 
Franz Kafka e Praga
 
Franz Kafka tornou-se um sinônimo para o final de século 19 em Praga como nenhum outro escritor. Milhares de visitantes vem para Praga seguir os seus passos nas duas margens do rio Vltava. Ironicamente, o escritor judeu alemao queria durante a sua vida ficar longe da sua terra natal, sobre qual ele disse: "Praga nao vai deixar-nos ir ... Tinhamos que fazer fogo em dois lugares - Vysehrad e Castelo de Praga - e depois talvez seja possível para nós fugir. "
 
Franz Kafka nasceu em 1883 no antigo guetto judaico em Praga. Depois de ter acabado a Universidade Alema de Praga, Kafka trabalhou como um advogado na Companhia de Seguros de Acidentes dos Trabalhadores do Reino da Bohemia, em Praga. A sua vida privada foi fortemente influenciada pelo seu pai, com qual tinha uma relaçao complicada e a sua própria incapacidade de iniciar uma família própria dificultava ainda mais a vida dele. Kafka decidiu quebrar duas vezes o seu noivado com a Felice Bauer de Berlim e preferiu viver como um escritor em solidao. Nem o amor para a jornalista checa Milena Jesenska, que já era casada, o levou para um futuro compartilhado. Infelizmente a tuberculose causou a sua morte prematura. Franz Kafka morreu num sanatório perto da Viena em 1924.
 
"Kafka era Praga e Praga era Kafka. Praga nunca foi tao perfeita, tao típica de si mesma como era durante a vida de Franz Kafka e nunca vai ser de novo. E nós, seus amigos, sabíamos que esta Praga está permeada na toda a sua escrita ".
 
Johannes Urzidi